A conquista da maturidade a cada novo passo


 

Tocando em Frente

Composição: Almir Sater e Renato Teixeira

 

Ando devagar porque já tive pressa, levo esse sorriso porque já chorei demais

Hoje me sinto mais forte, mais feliz, quem sabe,
Só levo a certeza de que muito pouco sei, ou nada sei

Conhecer as manhas e as manhãs, o sabor das massas e das maçãs

É preciso amor pra poder pulsar, é preciso paz pra poder sorrir, é preciso a chuva para florir

Penso que cumprir a vida seja simplesmente compreender a marcha e ir tocando em frente

Como um velho boiadeiro levando a boiada eu vou tocando os dias pela longa estrada, eu vou, estrada eu sou

Conhecer as manhas e as manhãs, o sabor das massas e das maçãs

É preciso amor pra poder pulsar, é preciso paz pra poder sorrir, é preciso a chuva para florir

Todo mundo ama um dia, todo mundo chora, um dia a gente chega e no outro vai embora

Cada um de nos compõe a sua historia cada ser em si carrega o dom de ser capaz, e ser feliz

Conhecer as manhas e as manhãs, o sabor das massas e das maçãs

É preciso amor pra poder pulsar, é preciso paz pra poder sorrir, é preciso a chuva para florir

Ando devagar porque já tive pressa, levo esse sorriso porque já chorei demais

Cada um de nos compõe a sua historia, cada ser em si carrega o dom de ser capaz e ser feliz

 

 Essa música é linda. Sempre gostei da melodia e cantarolava especialmente quando viajava para uma chácara que a minha avó tinha em Ibiúna… Fazia essa relação Almir Sater x campo.

A Elô, que é uma leitora assídua do Vitrola na Caixola, me pediu para escrever sobre essa música. O  motivo para a escolha da letra só ela sabe, mas conhecendo-a como conheço, arrisco dizer que  a letra reflete um pouco do romantismo e otimismo com que ela mesma leva a vida.  

São poucas as pessoas que aprendem os ensinamentos que a vida nos traz nos momentos mais difíceis. O mais comum é mostrarmos toda a nossa incompreensão e o sentimento de injustiça. A dor muitas vezes nos torna seres humanos ingratos e irreconhecíveis. Se isso for momentâneo e nos servir de lição, ok, valeu para alguma coisa, mas se não for tirado um aprendizado disso, pode nos transformar em pessoas incrédulas, rancorosas e amargas.

No meu primeiro post, da música Paciência, do Lenine, falo um pouco sobre a coisa de ter pressa, da ansiedade e nessa música do Almir Sater, a melodia, o tom e a letra em si, trazem tanta propriedade para a canção. Acho que ele transmite uma tranquilidade…

“Ando devagar porque já tive pressa, levo esse sorriso porque já chorei demais

Hoje me sinto mais forte, mais feliz, quem sabe, só levo a certeza de que muito pouco sei, ou nada sei”…

“Penso que cumprir a vida seja simplesmente compreender a marcha e ir tocando em frente”.

“Cada um de nos compõe a sua historia cada ser em si carrega o dom de ser capaz, e ser feliz”

Quando escuto especialmente essas três estrofes acima, percebo uma maturidade que infelizmente – talvez seja algo inerente à vivência e idade de cada um – ainda não alcancei. Tenho aprendido todos os dias que muito pouco eu sei e em determinados assuntos, nada sei, por isso talvez ainda mantenha o senso de urgência para tudo o que faço e quero. Também considero a “urgência” algo relativo à minha vontade desenfreada de viver tudo o que tem pela frente, e entendo que isso vai mudando com o tempo. Então aprendemos que a urgência pode fazer mal e que a ansiedade que ela traz não é saudável. Nesse quesito, ainda tenho muito o que aprender. Mas posso dizer, que com ou sem pressa, meu sorriso está sempre estampado.

Acho inteligente a forma como Almir Sater resume a maneira de cumprir a vida: “compreender a marcha e ir tocando em frente”, mas como ele mesmo diz que cada um de nós compõe a sua história… acho também que a vida é mais leve quando a levamos com bom humor e com gratidão.

Nos momentos tristes, me permito chorar, desabafar, me sentir confusa e injustiçada por alguns momentos e até mesmo ter vontade de jogar tudo pro alto, mas retomo as rédeas do entendimento, estabeleço uma relação de lição e aprendizado, supero – na medida do possível, afinal sou frágil como qualquer ser humano – e vou tocando em frente.

E, tocar em frente exige movimentos…. é aquele passo que em alguns momentos se torna quase um salto e nos exige mais do que a toada da caminhada, é manter a paz interior e levar a paz aos outros mesmo quando tudo está do avesso, é a disciplina de todos os dias levar o ar que mantém vivo o amor – aos amigos, ao companheiro, à familia. Acho que Almir Sater diria:

 “É preciso amor pra poder pulsar, é preciso paz pra poder sorrir, é preciso a chuva para florir”.

Até a próxima!!

 

Anúncios

3 Respostas

  1. Ebaaaaaaaa!!! Finalmente o comentário sobre minha música preferida!!!

    Primeiramente: OBRIGADA AMIGA!! Seus comentários sempre tão sinceros, sempre tão cheios de vida!! Parabéns minha jornalista predileta!!!!! hehehe

    Bom…essa música é uma verdadeira poesia, repleta de ensinamentos e que pelo menos para mim, trazem paz de espírito…

    Ando devagar, porque já tive pressa…acho que esse é um ideal de vida…Poder, em meio a essa nossa rotina desenfreada, abrir a janela de manhã e não só ver o céu cinzento de uma de segunda de garoa que temos que ir trabalhar…mas saber abrir a janela e admirar o céu azul e agradecer mais uma manhã que Deus nos dá com vida e saúde…saber curtir e dar valor ao que realmente tem valor, como a família, os amigos…saber saborear aquele petit gateau delicioso e não simplemente engolí-lo…rsrsrs Enfim…desfrutar daquilo que temos de melhor, com cuidado, com carinho…vivendo cada segundo intensamente…essa é a lição!!

    Levo esse sorriso, porque já chorei demais…E como chorei…e ainda choro, porque sou uma sentimentalista nata!!! rsrsrs Mas não sou escrava das minhas tristezas e dos meus desejos…São simplesmente momentos que passam…Ainda acredito que o mal de vence com o bem e que a trsiteza se vence com o sorrir…e que lindo o sorrir!!! Ver aquele piano lindo na boquinha das pessoas..uma gargalhada sincera…delícia pura!!! Por isso acredito que o sorrir, mesmo em meio a um mar de tristezas e angústias, deve ser o primeiro passo para a alegria verdadeira tomar conta da gente…questão de atitude mesmo!!!

    E, como já disse, sou uma sentimentalista nata, lá vou eu falar novamente do amor, item mais que necessário para superação de qualquer dor…Como o próprio Almir Sater canta: É preciso amor pra poder pulsar (o amor é vida), é preciso paz para poder sorrir!!!

    Existe um ´texto bíblico, um dos mais lindos da bíblia ao meu ver: 1 Corintios 13…Vou postar só um trechinho, pois para mim, é a melhor tradução do amor…”Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, nada seria. (…) O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. (…) Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor.

    Para finalizar, creio que cada um de nós possuimos dentro do nosso coração a verdadeira receita de como ser feliz, sem termos que ficar nessas nossas buscas incansáveis…basta olhar um pouquinho melhor para si mesmo e vc saberá enxergar melhor o próximo e a vida, sendo mais feliz!!!

    Beijos a todos e fiquem com Deus!!!! 🙂

    Cada um de nos compõe a sua historia, cada ser em si carrega o dom de ser capaz e ser feliz!!!

  2. Caracas, achei sua interpretação uma das melhores, mas essa da sua amiga hein???

    Essa música é uma das minhas preferidas, aliás, adoro o Almir Sater, que conheci (pessoalmente) antes dele fazer sucesso!!

    AMEI!

  3. Ótima escolha!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: