Por trás das flores


Flores

 

Composição : Tony Bellotto / Sérgio Britto / Charles Gavin / Paulo Miklos (Titãs)

Olhei até ficar cansado de ver os meus olhos no espelho
Chorei por ter despedaçado as flores que estão no canteiro
Os punhos e os pulsos cortados e o resto do meu corpo inteiro
Há flores cobrindo o telhado e embaixo do meu travesseiro
Há flores por todos os lados, há flores em tudo que eu vejo

A dor vai curar essas lástimas, o soro tem gosto de lágrimas
As flores têm cheiro de morte, a dor vai fechar esses cortes
Flores, Flores
As flores de plástico não morrem

 

 

O louco dessa música é que, como eu,  você deve ter cantado várias vezes, empolgado, afinal tem um rítmo animado, muda o tom, o refrão é ótimo! Floooooores, floooooooores…. (Lembra meu tempo de escola, quando eu cantei em coro com uns amigos num daqueles momentos de furduncio, após saber que a professora faltou e que não tinha substituta…)…até o dia em que prestou atenção na letra e falou:

Caracas! O cara se matou!!!  Ele chorou pra caramba, não aguentou a dor, cortou os pulsos! As flores no telhado e embaixo do travesseiro, é no caixão!! Puuuuuuuuuuuuts!

Peguei carona com um amigo outro dia (o Paulinho) e ele colocou essa música, e devaneamos na letra! Rsrs Aquela vozinha mansa da Marisa Monte pra ajudar a gente a não prestar atenção em nada, só cantarolar!! Danadinha…Hahaha

Essa é uma característica do Titãs. Suas letras são bem ‘cantantes’, baladinhas mesmo, mas sempre reflexivas. Já falei aqui sobre a música “Não vou me adaptar”… que é outra ótima referência.

Costumo dizer que em algumas letras, tenho a nítida impressão de que a pessoa vivenciou tudo aquilo e resolveu colocar no papel, dar uma melodia… mas dessa vez, não acho que seja o caso…rsrs

Até mais!

Anúncios

5 Respostas

  1. Putz… é de cortar os pulsos…. hehehe… E pensar que tem gente que faz serenata com esta música….

    Muito bom Cris!

  2. É nois! Carona sempre que precisar! Bj!

  3. Putz amiga…como vc mesma disse, essa é uma daquelas músicas que a gentecanta, canta, canta…adora…mas não presta muito atenção no sentido da letra e dá mais ênfase à melodia…

    Sempre percebi o tom triste dessa música…mas confesso que somente agora percebi que parte da música fala da morte e de caixão…ai ai ui ui…rsrsrs

    Mas vejo muito o lado depressivo desse ser…que “chorou muito por ter despedaçado as flores que estão no canteiro”…

    E aí chegamos àquele ponto: quão triste é vermos passar a vida e despedaçar, ou até mesmo deixar de regar, as flores que nascem em nossos canteiros todos os dias…às vezes deixamos de prestar atenção em momentos únicos, em coisas simples e perdemos oportunidades únicas de viver os momentos mais felizes de nossas vidas, que por sinal, podem ser brevíssimos!!

    Portanto, como diz o ditado latino…CARPE DIEM!!! Aproveitem o dia!!!

    Beijos a todos!!! 🙂

  4. Credo, por que ninguém nunca falou isso quando as pessoas cantavam super empolgadas e felizes??? E é tão legal quando há flores em tudo que vemos… Claro, não se estivermos num caixão, né? 😛

    Bjs

  5. Uia! Nunca tinha visto dessa forma!!! É isso aí, Vitrola na Caixola veio para mostrar ‘umas verdades’!!

    Beijocas Crizoca!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: