MUDEZ


Essa é show!

 

Sempre cantei essa música sem prestar muita atenção em sua letra, até que um dia, ‘botando reparo’ SURTEI!!!! Ela é ótima!

 

Timidez

Biquini Cavadão

 

Toda vez que te olho
Crio um romance


Te persigo, mudo todos instantes
Falo pouco pois não sou de dar indiretas


Me arrependo do que digo
em frases incertas


Se eu tento ser direto, o medo me ataca, sem poder nada fazer


Sei que tento me vencer e acabar com a mudez


Quando eu chego perto, tudo esqueço e não tenho vez


Me consolo, foi errado o momento, talvez


Mas na verdade, nada esconde essa minha timidez

 

Eu carrego comigo a grande agonia de pensar em você, toda hora do dia

 

Eu carrego comigo, a grande agonia. Na verdade nada esconde essa minha timidez


Na verdade nada esconde essa minha timidez


Talvez escreva um poema
No qual grite o seu nome


Nem sei se vale a pena
Talvez só telefone


Eu me ensaio, mas nada sai
O seu rosto me distrai


E, como um raio,
eu encubro , eu disfarço
eu camuflo, eu desfaço


Eu respiro bem fundo
Hoje digo pro mundo
Mudei rosto e imagem


Mas você me sorriu
Lá se foi minha coragem
Você me inibiu

 

Meu irmão é que vai gostar de eu tê-la usado como tema para esse post. Todas as vezes que ela tocava no rádio – sim, naquela mesma marginal que comentei lá embaixo, nas quase duas horas de trânsito, indo pra casa ou para o trabalho – a gente cantava animados e juntos pensávamos: “coitado do cara!!” (ta no passado porque infelizmente ele não pega mais carona comigo. Aliás, Alê, você faz mó falta no carro!)

 

Já cruzei com pessoas muito tímidas e com aquelas que são muito espontâneas, mas em determinadas situações trava. Acho até que me incluo na segunda situação.

 

Essa música é uma verdadeira montanha russa (pra quem não gosta, que fique claro!). O pobre passa por milhões de sentimentos. Vai de euforia, uma coragem repentina, até o medo, o sentimento de fracasso, impotência.

 

Toda vez que eu a escuto, me lembro de uma situação que eu vivi, sem saber… e na condição “da que sorri” (como diz a letra). Só soube disso anos depois, quando reencontrei um amigo e ele me disse que tentou várias vezes se declarar pra mim e não conseguiu porque eu sempre ‘quebrava as pernas dele’. Não sei bem como isso funcionava, nunca nem mesmo desconfiei. Mas a verdade é que, pelo menos na situação dele, foi melhor assim…sem declarações. rsrs

 

Depois de lembrar desse fato, fico sempre me perguntando se eu deixei de fazer algo por conta da timidez. Penso, penso, penso… descubro que sim. Em seguida chego a conclusão que, assim como pra esse meu amigo, foi melhor pra mim também.

 

Você já deixou de se declarar pela timidez? Não se culpe. Talvez o mundo tenha lá suas razões.

 

E esse cara, o da música? Será que ele se declarou em algum dia? Ainda que lááááá na frente, anos depois?

 

Enfim…

 

Para as próximas, aguardem… atenderei a pedidos!

 

Tchau pessoal!

Anúncios

5 Respostas

  1. A timidez às vezes salva…rs… Mas é sempre melhor levar um fora do que nem tentar se delcarar e nunca saber o que seria…

  2. Mto bom!!!! Eu não conheço essa música, vou procurar. Mas, a letra é ótima, rs…

    E, certamente, já deixei de fazer algumas coisas, de me declarar e sei que já fui ‘vítima’ disso tb.

    E acho que ele encontrou a palavra perfeita para as ocasiões em que ficamos travados pela timidez. É agoniante mesmo. Mto.

    Estou adorando este blog!

    Bj

  3. Cris, tu ouve Los Hermanos?

  4. Sim, quero pedir Los Hermanos. A música, deixo a teu critério!
    beijo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: